Filosofia e literatura: Benedito Nunes intérprete de Heidegger

Versão para impressão
Prof. Dr. Marco Aurélio Werle

O projeto tem por objetivo investigar os textos de Benedito Nunes sobre o filósofo Martin Heidegger e examinar em que medida essa leitura de Heidegger teve influência no modo como Benedito Nunes compreendeu nomes importantes da literatura brasileira, tais como Clarice Lispector e João Cabral de Melo Neto, bem como influenciou na compreensão da história da estética e da filosofia contemporânea no contexto da cultura brasileira.

Finalidade e relevância, com síntese da bibliografia fundamental: Esse projeto tem por finalidade resgatar o legado crítico de Benedito Nunes e sua leitura original da filosofia de Heidegger realizada no Brasil. Considero muito importante que se aponte para esse legado e o apresente para as gerações mais novas, tendo em vista o papel central de formador protagonizado por Benedito Nunes, tanto no Pará quanto no Brasil como um todo. Além de sua importância como intérprete de Heidegger, não se pode deixar de levar em conta sua interpretação da literatura brasileira. No entanto, devido à complexidade desse aspecto, ele ficará como uma perspectiva mais distante de investigação, ou seja, em segundo plano.

Bibliografia:

• O mundo de Clarice Lispector, Manaus, Edições Governo do Estado do Amazonas,1966
• A Filosofia Contemporânea, São Paulo, Ática, 1967
• Introdução à Filosofia da Arte, São Paulo, Ática, 1967
• O Dorso do Tigre (Coleção Debates - ensaios literários e filosóficos), São Paulo, Ática, 1969
• Leitura de Clarice Lispector (Coleção Escritores de Hoje), São Paulo, Quiron, 1973
• João Cabral de Melo Neto (Coleção Poetas Modernos do Brasil), 1974
• Oswald Canibal (Coleção Elos), 1979
• Passagem para o Poético - Filosofia e Poesia em Heidegger, São Paulo, Ática, 1986
• O tempo na narrativa, São Paulo, Ática, 1988
• O drama da linguagem - Uma leitura de Clarice Lispector, São Paulo, Ática, 1989
• No tempo do niilismo e outros ensaios, São Paulo, Ática, 1993
• Crivo de papel (ensaios literários e filosóficos), São Paulo, Ática, 1998
• Hermenêutica e poesia - O pensamento poético, Belo Horizonte, EDUFMG, 1999
• Dois Ensaios e Duas Lembranças, 2000
• O Nietzsche de Heidegger, Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2000
• Heidegger e Ser e Tempo, Rio de Janeiro, Jorge Zahar, 2002
• Crônica de Duas Cidades - Belém e Manaus, 2006 (em coautoria com Milton Hatoum) 3
• João Cabral: a máquina do poema, Brasília, EdUnB, 2007
• A Clave do Poético, São Paulo, Companhia das Letras, 2009
• Ensaios Filosóficos, São Paulo, Martins Fontes, 2010
• Do Marajó ao Arquivo - Breve Panorama da Cultura no Pará, 2012 (póstumo)
• A Rosa o que é de Rosa - Literatura e Filosofia em Guimarães Rosa, 2013 (póstumo)
• Heidegger, 2017 (póstumo) 

Período vigente: 
2017 até 2018
Bolsistas: 
10273348 - Icaro Gonzales Ferreira
9015055 - Rafael Oliveira Rodrigues
10273101 - Vaner Muniz Ferreira