Horário de atendimento ao público da secretaria do Departamento de Filosofia no período de férias

De 12 a 17 de dezembro de 2018: das 10h às 19h.
De 18 de dezembro de 2018 a 15 de fevereiro de 2019: das 09h às 18h.


A trama da natureza: Organismo e finalidade na época da Ilustração

Versão para impressão
campos
Autor: 
Pedro Paulo Pimenta
Editora: 
Editora UNESP
Ano: 
2018
Edição: 
1
ISBN/ISSN: 
9788539307197

O livro divide-se em duas partes. A primeira é dedicada aos modelos de organização propostos por filósofos que, na falta de um termo melhor, costumam ser chamados de “empiristas”, como Hume e Adam Smith, dentre os quais contamos também um materialista, Diderot, e dois naturalistas céticos, Buffon e Daubenton. Esses modelos são elaborados em concomitância a uma crítica da ideia de uma natureza organizada em sistema segundo fins, produto de uma inteligência suprema. Essa crítica tem um impacto profundo, e, pelas mãos de Smith, alcança os domínios da teoria social. A segunda parte acompanha a absorção e tentativa de superação dessa crítica no interior da Filosofia Transcendental de Kant, e propõe a tese de que essa manobra, sem propriamente lograr os resultados esperados por seu autor, contribuiu para a formação de uma ciência dos seres vivos coerente com a Física newtoniana.